Sachê Turbinado

Alguns géis de carboidrato são enriquecidos com cafeína e proteínas, e isso nem sempre é bom ou necessário.

A indústria de suplementos, assim como qualquer outra, precisa de inovações. Um dos produtos mais difundidos é o prático gel de carboidrato. Disponível em sachê e pó, esse tipo de suplemento é um excelente aliado dos esportistas, principalmente dos corredores de rua, pois o movimento gerado pela corrida interfere no processo digestivo. O “balançar” do nosso corpo para cima e para baixo, por exemplo, interfere na ação da força da gravidade, ajudando o alimento a descer.

Como muito se sabe, os carboidratos são responsáveis pela produção de energia para o organismo, garantindo o desempenho desejado, além de potencializar a queima de gorduras, preservar a massa muscular e ajudar na recuperação do organismo depois do “estresse metabólico” causado pela atividade. Por isso são fundamentais para os corredores. Devemos ter o cuidado antes, durante (se necessário) e sempre despois do exercício.

Porém, gostaria de fazer uma alerta. Hoje, o gel de carboidrato pode conter outros componentes, além do “combustível” para o organismo. Entre eles, a cafeína e a proteína, que os consumidores utilizam de forma desavisada, correndo o risco de sofrer efeitos colaterais que nem imaginam ter sido provocados  pelo gel de carboidrato consumido rotineiramente.

A cafeína pode ser uma aliada interessante, mas também pode ter um efeito contrário bem prejudicial. Ela atua como um estimulante no nosso organismo, aumentando a taxa metabólica basal, potencializando maior mobilização e utilização dos estoques de gordura. Tudo isso, associado ao exercício, gera um bom resultado. Contudo, esse estímulo pode afetar a qualidade do sono de quem a consome, tanto em termos de volume de horas quanto em qualidade. Esse é um ponto muito sério, pois cronicamente noites mal dormidas interferem na queima de gordura, na melhora do desempenho, no ganho de massa muscular, na sensação de fome e saciedade etc. E nem sempre as pessoas relacionam esses sintomas com a noite mal dormida ou com a cafeína contida no gel.

Por sua vez, no momento do exercício, a proteína agregada ao gel será utilizada como fonte de energia, em  mais uma estratégia do organismo para poupar glicogênio, evitando a fadiga. Muitas vezes utiliza-se o BCAA durante o exercício com essa finalidade. Mas no caso da proteína do gel é preciso questionar se existe a necessidade  de um gel com essa característica. Ao utilizar a proteína para produzir energia, o organismo produz amônia, composto químico altamente tóxico para o organismo, que prejudica as atividades metabólicas e a queima de gordura, podendo comprometer o rendimento e a recuperação do atleta. Portanto, fique atento. Não compre seu gel sem antes conferir a relação de ingredientes detalhada na embalagem.

Mariana Klopfer
Diretora da Nutricius – Nutrição Esportiva
www.nutricius.com.br

Nutricius

Publicidade

5 comentários sobre “Sachê Turbinado

  1. Bom dia pessoal do blog 90km! pelo que vi, os géis mais caro do mercado, que são os “Gu” tem em torno de 20 mg de cafeína, um café expresso forte vai ter em torno de 60-100mg mg e o limite de ingesta diária segura fica em torno dos 300mg. então a menos que o cara vá tomar muitos saches, acho que ele estaria seguro. Mas é um alerta importante, pois o consumidor nem sabe o que está comprando/tomando.

    Clique para acessar o cafeina-recurso-ergogenico-no-exercicio-fisico-acao-efeitos-colaterais.pdf

  2. MARIANA KLOPFER
    ACHEI MUITO INTERESSANTE e gostaria de me comunicar com a Mariana Klopfer para tirar algumas informações sobre o sache turbinado…sou corredora novata!!…e saber um pouquinho sobre seu sobrenome será q somos primas?? ANDREA KLOPFER

  3. Olá Bernardo,
    Obrigado pela participação!
    O gel com 20mg de cafeína pode ser muito ou pouco dependendo da sensibilidade e/ou do estilo de vida individuo. Além do que, como está no artigo que colocou, ingerimos cafeína de varias formas que nem percebemos.
    A utilização de cafeína deve ser avaliada com cuidado assim como qualquer outra substancia que tem o objetivo de melhora do desempenho.
    A utilização da cafeína pode mascarar a falta de nutrientes importantes para uma evolução adequada, podendo levar o individuo a ter problemas futuros sérios.
    Abraço Mariana Klopfer e Rodrigo Rosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s