Diário de bordo – 10 de fevereiro 2014

Continuo na fase de base nos treinos de corrida. Meu treinador Thiago Oliveira (KM Esportes) informou que esta etapa dos treinos deve se estender por mais 2 ou 3 semanas.

Durante este período não existem muitas variações nos treinos. Na semana que se passou tivemos uma pequena variação na velocidade dos treinos de terça e quinta-feira (passou de 10,6km/h para 11km/h) e o aumento de 1km no treino longo.

Minha agenda de treinos ficou da seguinte forma:

Segunda-feira – Musculação
Terça-feira – Corrida (10km – veloc. 5:30 min/km)
Quarta-feira – Musculação
Quinta-feira – Corrida (10km – veloc. 5:30 min/km)
Sábado – Corrida (18km – ritmo leve a moderado)

O maior novidade da semana foi que pela primeira vez consegui realizar 1 dos treinos previstos para semana na rua. Realizei os 10km previstos para quinta-feira na Cidade Universitária (USP).

Sempre prefiro realizar os treinos na rua, pois a esteira se torna muito monótona em distâncias mais longas. A maior dificuldade que tive neste treino foi ajustar o ritmo. O que estava previsto para 5:30 min/km, acabei fazendo em 5:20 min/km.

Neste sentido a esteira leva vantagem, pois você coloca uma determinada velocidade e a partir daí é só correr. Na rua você deve controlar seu ritmo o tempo todo para não perder seu objetivo.

Nos treinos longos que tenho realizado aos sábados sempre possui uma variação entre o ritmo mínimo e máximo, geralmente com intervalo de 20 segundos. Assim se torna fácil controlar o ritmo. Já nos treinos da semana o ritmo almejado é apenas 1 e qualquer variação vai te afastar de sua meta.

Para não fazer um ritmo mais lento do que o previsto tenho a tendência de forçar um pouco mais do que deveria.

No treino longo previsto para o sábado não foi definido ritmo alvo. Apesar de saber que este treino não tem foco no ritmo e sim na resistência, acabava forçando um pouco o ritmo e estava cansando mais do que deveria.

Para evitar ficar preso ao pace optei por tirar o ritmo do visor principal do Garmin. Assim realizei os 18km do longo sem ter ideia do pace que estava aplicando na corrida. Fui regulando o ritmo apenas com a percepção do esforço, tentando manter leve e moderado conforme solicitado na planilha de treinos.

Funcionou. Acabei o longo muito mais inteiro do que o realizado na semana anterior.

O único furo dos treinos da semana passada foi a musculação. A meta era manter 3 dias de reforço muscular, mas consegui realizar apenas 2 dias.

Esta semana dou um jeito nisto.

Abraço a todos.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s